20 de maio de 2010

A Virada Cultural de Sampa e o Centro

A Virada Cultural deste foi, senão a mais louca, pelo menos uma das mais loucas baladas da minha vida, com gigantescas lacunas etílicas na memória eu me lembro de ótimos shows (Raimundos, Pity, Tribo de Jah, Titãs etc) e de encontrar MUITA mas muita gente conhecida, gente que eu não via ha anos, gente que vejo sempre, além de gente que eu não conhecia, conheci uma galera de geologia da USP, gente que veio de Minas, Cariocas, uma glerinha de regueiras muito gente boa enfim, adorei as 26 horas que fiquei pelo centro de Sampa, mas oque notei de mais importante, impressionante e significativo nesta virada foi o fato das pessoas tomarem  centro como sendo delas, o centro da cidade, históricamente tachado de terra de ninguém, na virada, era de todo mundo! Olhava-se para as pessoas e elas estavam "em casa", aquilo foi uma festa e das boas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário