4 de novembro de 2010

Associação dos Docentes da Unifesp reitera seu apoio aos estudantes em greve

Desde o início da expansão da Unifesp, lutamos para que o processo garantisse qualidade educacional. Queremos deixar claro, mais uma vez, que somos e sempre fomos a favor da expansão pública do ensino superior. Porém, é inaceitável que o atual processo signifique a precarização da educação oferecida e o abandono de um projeto integrado de universidade pública que contemple, com qualidade, ensino, pesquisa e extensão.
 
A Adunifesp reitera sua solidariedade às mobilizações, em especial às greves de Santos e Guarulhos. Consideramos mais que legítimas as reivindicações dos discentes, que nada mais exigem do que o direito a uma educação pública de qualidade e a políticas de permanência estudantil condizentes com as suas necessidades.
 
Desta forma, é preciso que a Instituição dialogue imediatamente com os estudantes, para que sua pauta de reivindicações comece a ser atendida o quanto antes. Além disso, é inaceitável qualquer tipo de punição aos alunos mobilizados ou a repetição de eventos como a agressão pela Guarda Civil Municipal a um grupo de estudantes de Guarulhos. Exigimos, inclusive, que o caso seja investigado e que medidas sejam tomadas pela Reitoria.
 
Associação dos Docentes da Unifesp – Seção Sindical do Andes

Nenhum comentário:

Postar um comentário