26 de outubro de 2011

Enem 2011 poderá ser cancelado por novo vazamento de provas: Crime ou milagre?

Um colégio do nordeste brasileiro teve acesso às provas do enem e para garantir melhores notas aos seus estudantes, ótima ferramenta de publicidade para conseguir alunos (dinheiro/lucro) para a escola, 
ultilizou questões identicas as das provas, dias antes, em um simulado..
Estes caras (Colégio Cristus) além de sacanas e criminosos, são no mínimo burros, afinal, usar de maneira aberta e deliberada as mesmas questões que cairiam na prova do enem que foi realizada dias depois, demonstra uma inabilidade em esconder falcatruas dignas dos últimos governos brasileiros, os responsáveis pela realização do ENEM.
Se esta escola (empresa), com uma indiscutível incapacidade de esconder a sacanagem, teve acesso às provas, com considerável antecedência, é inimaginável a quantidade de escolas e alunos que podem ter tido acesso a estas e outras questões da malfadada prova, estas devem ter tido alguma habilidade criminosa mais respeitável que a referida empresa de comércio de educação.
Mas poxa vida, talvez eu esteja equivocado, afinal a empresa que comercia alunos tem o sugestivo nome de "Colégio Cristhus", sendo assim tudo talvez não passe de uma iluminação divina, um milagre e não um crime, não é ironia não, eu sou ateu e não cético, quem sabe deus não existe de verdade e resolveu ajudar alguns privilegiados em detrimento de uma imensa maioria, como dizem que faz em relação aos poucos eleitos que não deverão queimar no inferno pela eternidade...
Claro que alguma coisa tinha que ser feita, o Ministério Público Federal entrou com o pedido de cancelamento da prova e posterior aplicação de uma nova, desta vez, sem milagres, crimes ou falcatruas, será?

Veja algums imagens das provas da fraude:




E comentários de estudanetes felizes com o milagre:



Saiba mais:

Jornal do Brasil

The Cristian Post:

Jornal "A Crítica"

D24am

10 de outubro de 2011

Declaração da Ocupação de Nova York




 Enquanto nos reunimos em solidariedade para expressar um sentimento de injustiça em massa, não devemos perder de vista o que nos uniu. Nós escrevemos para que todas as pessoas que se sentem injustiçados pelas corporações do mundo saibam que nós somos seus aliados.
Como um só povo, unido, nós reconhecemos a realidade: que o futuro da raça humana requer a coop...eração de seus membros; que o nosso sistema deve proteger os nossos direitos, e frente a corrupção desse sistema, cabe aos indivíduos proteger seus próprios direitos, e os de seus vizinhos; que um governo democrático deriva seu poder apenas do povo, mas as empresas não buscam autorização para extrair a riqueza do povo e da Terra, e que nenhuma democracia verdadeira é atingível quando o processo é determinado pelo poder econômico.
Viemos até vocês em um momento em que corporações, que colocam o lucro sobre as pessoas, auto-interesse sobre a justiça, e da opressão sobre a igualdade, lideram nossos governos. Estamos aqui reunidos pacificamente, como é nosso direito, para que estes fatos sejam conhecidos.

Eles tomaram nossas casas através de um processo de execução hipotecária ilegal.
Eles usaram dinheiro dos dos contribuintes para salvar as corporações impunemente e continuam a dar a executivos bônus exorbitantes.
Eles têm perpetuado a desigualdade e a discriminação no local de trabalho com base na idade, a cor da pele, sexo, identidade de gênero e orientação sexual.
Eles envenenaram os alimentos com negligência e comprometeram o sistema de cultivo por meio da monopolização.
Eles lucraram com a tortura, o confinamento e o tratamento cruel de inúmeros animais não-humanos, e ativamente escondem essas práticas.
Eles continuamente retiram dos funcionários o direito de negociar por melhores salários e condições de trabalho mais seguras.
Eles têm mantido alunos reféns com dezenas de milhares de dólares de dívida em educação, que é em si um direito humano.
Eles têm terceirizado de forma consistente e usado a terceirização como alavanca para cortar os direitos à saúde e diminuir os salários dos trabalhadores.
Eles têm influenciado os tribunais para conseguir os mesmos direitos que as pessoas, sem culpabilidade ou responsabilização.
Eles gastaram milhões de dólares em equipes jurídicas que buscam maneiras de tirá-los dos contratos no que diz respeito ao seguro de saúde.
Eles venderam a nossa privacidade como uma mercadoria.
Eles usaram a força militar e policial para impedir a liberdade de imprensa.
Eles têm deliberadamente se recusado a recolher produtos defeituosos que colocam vidas em perigo, em nome da busca pelo lucro.
Eles determinam a política econômica, apesar da falhas catastróficas que as suas políticas têm causado e continuam a produzir.
Eles doaram grandes somas de dinheiro a políticos que supostamente são responsáveis por regulá-los.
Eles continuam a bloquear formas alternativas de energia para nos manter dependentes do petróleo.
Eles continuam a bloquear formas genéricas de medicamentos que podem salvara vida das pessoas, a fim de proteger os investimentos que já deram um lucro substancial.
Eles têm propositadamente escondido os derramamentos de óleo, acidentes, prestações de contas fraudulentas e ingredientes inativos em nome da busca pelo lucro.
Eles propositadamente mantém as pessoas mal informadas e com medo através de seu controle dos meios de comunicação.
Eles aceitaram contratos privados passa assassinar prisioneiros, mesmo quando apresentadas sérias dúvidas sobre suas culpas.
Eles têm perpetuado o colonialismo nos EUA e no exterior.
Eles participaram da tortura e assassinato de civis inocentes no exterior.
Eles continuam a criar armas de destruição em massa a fim de receber contratos do governo.

Aos povos do mundo,
Nós, da Assembleia Geral de Nova Iorque ocupando Wall Street em Liberty Square, os exortamos a afirmar o seu poder.
Exercitem seu direito de se reunir pacificamente, ocupem o espaço público, criem um processo para resolver os problemas que enfrentamos e gerar soluções acessíveis a todos.
A todas as comunidades que agirem e formarem grupos com o espírito da democracia direta, oferecemos apoio, documentação e todos os recursos à nossa disposição.
Junte-se a nós e faça sua voz ser ouvida
Trabalhadores americanos iniciam rebelião na maior cidade do país


Saiba mais:

Ocup Wall Street: Clique Aqui
Pílulas Diárias: Clique aqui
Diário da Liberdade: Clique aqui
Wall Street Journal: Clique aqui

Cartuns do Xisto Ventura - Governo Dilma - Marte e um sobre aviso da sogra

Muito bons os cartuns deste cara que achei acidentalmente na net a um tempinho ...
Este sobre o governo Dilma é ÓTEMA!