3 de novembro de 2011

Guarulhos Urgente: Ocupação de terra e violência covarde da GCM

Que a Guardinha de Guarulhos é despreparada, violenta e covarde, não é novidade para ninguém, agreções à manifestantes e trabalhadores e trabalhadoras em geral são uma constante, padrão gcm mesmo, no "feriadão" de finados eles mantiveram a escrita e um banho de selvageria canalha dos guardinha assolou parte da periferia de Guarulhos.
Militantes camaradas do Blog estiveram no local e presenciaram a covardia da guardinha, que sob o comendo do prefeito Sebastião Almeida não poupou ninguém, crianças, grávidas, idosos e idosas que lutavam para garantir um teto foram baleados agredidos verbal e fisicamente por brucutus sustentados com o dinheiro dos impostos que pagamos, esta covardia tem que ter um fim! A GCM tem que ter um fim!
Seguem fotos da ocupação e a descrição de um militante social...
Na madrugada do dia 29 de Outubro de 2011, cerca de 1000 famílias ocuparam a região entre os bairros do Lavras e Soberana em Guarulhos-SP. Muitas famílias sem teto, que moram de aluguel, com criaças, idosos, homens e mulheres trabalhadoras, passaram a acampar no local. No dia 01 de novembro, a Guarda Municipal de Guarulhos chegou e feriu crianças com bala de borracha, idosos com cacetetes, e destruiram barracas com vilencia e colocando fogo em colchões, cobertores, mochilas. Segundo relatos uma criança de 14 anos está ferida gravemente com tiro de borracha na cabeça. As famílias continuam acampadas, hoje cerca de 300, inclusive a Thay, o Eduardo e Eu.
Ocupe a Periferia!

Ocupe a periferia! Lavras, Guarulhos, S.Paulo
Ocupe a periferia! Lavras, Guarulhos, S.Paulo

Ocupe a periferia! Lavras, Guarulhos, S.Paulo

Ocupe a periferia! Lavras, Guarulhos, S.Paulo
Para ver todas as fotos clique aqui
Video da Ocupação e vestígios da violencia da guardinha: Clique aqui

3 comentários:

  1. bom pra começa a GCM presta serviço a prefeitura para manter a ordem publica, os moradores não foram passificos como dizem atearam fogo, arremessaram coquiteis molotof, rojões em direção dos GCM,queriam ser tratados como, AS mães dos ocupantes não tem amor nem ao proprio filho, como uma mãe que ama seu filho o coloca na linha de um confronto, o que uma mulher gravida faz ali sabendo do risco, e para encerrar apenas 10 % dos invasores não tem moradia fixa, o restante eram so para lucrar um dinheiro a mais...

    ResponderExcluir
  2. Tem que descer o cacete nesses vagabundos, vai trabalhar.

    ResponderExcluir
  3. Por gentileza, como entrar em contato com os representantes do movimento dos sem teto de Guarulhos?

    ResponderExcluir