24 de março de 2013

Aldeia Maracanã é palco de covardes agressões da polícia carioca

O impeto do governador Sérgio Cabral em liberar espaços públicos para a iniciativa privada não tem limites, um caso exemplar das desocupações forçadas que estão acontecendo cotidianamente por várias regiões do Rio de Janeiro, é o da "Aldeia Maracanã" covardia ali é pouco, a polícia agrediu jornalistas, idosos, indígenas, crianças, não se respeitou nada nem ninguém, usaram todo tipo de armamentos e, segundo o cartunista Carlos Latuff, pela primeira vez no Brasil foi usada uma arma sônica contra os manifestantes que apoiavam os indígenas, a polícia além de todos estes absurdos mostrou sua total incapacidade intelectual e de caráter ao prender um skatista por "ter sido atingido por uma baa de borracha". até quando estes canalhas continuarão a agredir e oprimir impunemente? até quando canalhas como estes irão bater, achincalhar e matar sem serem punidos?


New York Times (Estados Unidos):
Police Storm Squatters at Rio Stadium

Le Monde (França): 
Brésil : la police expulse les occupants de l'ancien Musée de l'Indien à Rio

Al Jazeera (Emirados Árabes):
Brazil police clash with indigenous squatters

BBC (Inglaterra):
Brazil police evicts Rio indigenous museum protesters













2 comentários: